Nome DA ATIVIDADE

Natureza e cultura na Vila histórica de Piranhas + Velho Chico 4 Dias e 3 Noites

Local

Piranhas, Alagoas, Brasil.

Dificuldade Física

Leve

Dificuldade Técnica

Fácil

Dia a Dia

Dia 1: Banho de rio e pôr do sol; Dia 2: Trilha da Pedra do sino, banho de rio, por do sol e vila histórica; Dia 3: Passeio barco e vila histórica; Dia 4: Livre e Retorno.

Experiências

Cultura do rio São Francisco, cultura do cangaço, vila histórica de Piranhas, trilhas (hiking), banhos no rio, observação de geografia, fauna e flora local (semiárido) e interação com cultura local.  

Para quem?

Para quem deseja viver uma experiência cultural na Vila histórica de Piranhas, no sertão do velho Chico

Valor



Esta é uma experiência de relax na natureza e de muita cultura sertaneja do velho Chico.
São 4 dias na Vila histórica de Piranhas, Alagoas, com muito banho de rio, navegação pelas águas do são Francisco, trilha, interação cultural, conhecimento histórico e muito relax.
Uma oportunidade de passar alguns dias em uma bucólica e aconchegante vila histórica ao lado do rio São Francisco e de beber da cultura local do cangaço.

Natureza do sertão do São Francisco
Trilha da Pedra do sino
Banho de rio;
Vila histórica de Piranhas;
Cultura do Cangaço;
Passeio exclusico de barco no rio São Francisco

Cronograma
Dia 1   
Chegada em Piranhas (à combinar forma de ida)
Check in
Banho de rio, Vila histórica de Piranhas (mirante da igreja) + pôr do sol

Dia 2  
05:30hrs Saída para Trilha da Pedra do Sino*
09:00hrs Café da Manhã na pousada - incluído  
Banho de rio e relax
Almoço - Livre
15:00 Vila histórica de Piranhas (Museu do cangaço, rolêzinho na Vila, mirante do restaurante) + pôr do sol
Jantar - livre

Dia 3
08:00hrs Café da Manhã na pousada - incluído  
09:00 Passeio barco
Almoço livre
Fim de tarde livre

Dia 4:
08:00hrs Café da Manhã na pousada - incluído  
Manhã livre
12:00 Almoço + Retorno


Informações sobre a Trilha:

*Trilha (Hiking) Pedra do Sino
Trilha de 1,5km
Tempo médio/total de duração: 2hrs (ida e volta mais desfrute do lugar)
Dificuldade: Física - Baixa, Técnica - Baixa 
Vegetação semiárida (caatinga)
Temperatura média: 30 graus
.
.
.
Material necessário
Tênis, roupas leves (UV ou Dry fit) e compridas, chapéu, repelente, protetor solar, remédios de costume, primeiros socorros, roupa de banho, capa de chuva e água.

Serviços inclusos
Deslocamento Recife - Piranhas (ida e volta)
Guia Mar de Selva
Trilha da Pedra do Sino
Condução guiada na Vila Histórica de Piranhas
3 Diárias em Pousada
3 cafés da Manhã
Passeio de Barco
Deslocamentos locais

Não Inclui:
Almoços;
Jantares
.
.
.
Investimento
Valor com transfer:  A partir de 900,00 BRL (min. 4 pes.);
Valor sem transfer: A partir de 800,00 BRL (min. 4 pes.)

Rodrigo Adrião

   

Rodrigo é de Recife, biólogo, mestre em ecologia e gestão ambiental, trabalhou boa parte de sua vida em projetos socio ambientais em ongs por Pernambuco (Recife, Sertão e agreste), Peru (amazônia peruana) e dedica-se há 15 anos a educação ambiental e 10 anos ao ecoturismo.
Rodrigo começou a viajar com 16 anos (anos 2000), pela Bahia, e nunca mais parou de seguir conhecendo os nossos "Brazis". Aos 19 (2003) viveu no sertão pernambucano trabalhando na ong CECOR.
Entre os 20 e 24 explorou boa parte do litoral nordestino, passou alguns meses viajando por "POA", "Floripa" e "Curita" (fazendo diversas trilhas como Barra da Lagoa - Mole, Naufragados,  Costa da Lagoa a remo, Lagoinha do Leste, Cume do Morro do Lampião, Lagoa do Peri; Entre varias outras na Ilha do Mel).
Aos 25 anos (2009) foi para o Norte do Brasil, mais especificamente Belem e Macapá, onde passou um mês e meio viajando e no final do ano voou para o Peru onde viveu um ano e meio trabalhando com biólogo em um projeto de ecoturismo na selva amazônica alta do Peru.
Neste ano iniciou no montanhismo. Virou auxiliar de guia local e coordenador do grupo de guias local das montanhas de San Roque de Cumbaza, Amazônia alta, Peru.
No Peru viajou bastante pela selva alta, um pouco pela selva baixa, pela Serra e foi para o litoral norte surfar. Pós temporada de trabalho peruana na ong CEPCO seguiu para o Ecuador, entre Guaiquil, Quito, Manta, San Lorenzo e Ayampe, para conhecer vilas de pescadores e parques nacionais.
Aos 28 (2012) viveu um ano e meio entre Lisboa e Carcavelos realizando seu mestrado. Lá conheceu um pouco do velho continente e teve a oportunidade de viajar por pequenas vilas e parques nacionais portugueses, espanhóis, franceses e ingleses. Realizou diversos hikings, trekkings e campings por esses lugares.
Aos 29 (2013) voltou para San Roque de Cumbaza, Peru, para coletar dados sobre sua dissertação de mestrado e lá ficou mais quase um ano trabalhando como consultor ecoturistico, guia local e biólogo de projetos socioambientais.
Aos 30 (2014) voltou para Recife para concluir sua dissertação de mestrado: “O ecoturismo em San Roque de Cumbaza, Peru. Uma experiência de conservação?" (Universidade de Lisboa, Portugal - http://repositorio.ul.pt/bitstream/10451/15427/1/ulfc107382_tm_rodrigo_adriao.pdf">), além de empreender e administrar o Hostel – Residence Inácio Monteiro, durante a copa do mundo de 2014.
No final do mesmo ano viajou para Lisboa, Portugal, para defender sua dissertação e se tornar mestre em ecologia e gestão ambiental, com ênfase em ecoturismo.
Aos 31 (2015) trabalhou no Centro Sabia, pelo agreste de pernambuco e aos 32 (2016) foi para Salvador realizar uma consultoria em educação para o UNICEF.
Com 33 anos (2017), com mais de uma década de dedicação a educação ambiental e quase 10 anos ao ecoturismo, decidiu investir no sonho de criar um espaço onde pudesse reunir e promover experiências ecoturisticas do Brasil e Peru, por onde transitou e vivenciou o ecoturismo, surgia o projeto da Mar de Selva ecosocial tour.
Aos 34 anos, em outurbo de 2018 depois de 2 anos dedicados ao "back stage" do projeto, conseguiu realizar o sonho de lançar ao mercado a Mar de Selva.
Hoje, Rodrigo é CEO e guia da Mar de Selva. lidera a empresa que atua em 7 estados do Brasil, 2 estados do Peru, oferta 26 experiências ecoturisticas e já foi reconhecida pela Assembléia Legislativa do Estado de Pernambuco (ALEPE) como entidade que preserva e defende o meio ambiente.
Desde então ele dedica-se integralmente ao ecoturismo, nos últimos 3 anos mergulhou deep neste universo:
Em 2017 Viajou pelo sul da Bahia e Parque Nacional de Ferando de Noronha onde realizou mergulhos de cilindros e realizou as trilhas da Costa da Esmeralda e Capim Açu.
Em 2018 publicou o Artigo: "Ecoturismo, conservação ambiental e desenvolvimento econômico em San Roque de Cumbaza, Peru" pela TURYDES - https://www.eumed.net/rev/turydes/24/ecoturismo-cumbaza.html. Escreveu alguns outros artigos para revistas de turismo de natureza. Viajou pela Serra da Mantiqueira onde realizou curtos hikings e participou do curso de primeiros socorros (APH/WFA) em áreas remotas com certificação internacional da American Safety and Health Institute;
E Viajou pela Chapada dos Veadeiros onde fez diversos hikings e Chapada da Diamantina onde realizou diversas travessias (Guiné - Vale do Pati - Vale do Capão - Lençois) totalizando mais de 75km de trekking.
Em 2019 Voltou a Serra da Mantiqueira para explorar o Parque Nacional do Itatiaia (PNI), Parque Nacional da Serra da Boicaina e Serra do Papagaio (MG). Participou do Curso de Meteorologia Basica para Montanhistas com Giovanni Dolif (INPE/CEMADEM). Viajou pelo Sertão do São Francisco para realizar hikings nos arredores de Paulo Afonos e Piranhas.
Ainda em 2019, com 1 ano de mercado, a Mar de Selva foi para o segundo ano do Yoga no Catimbau, consolidou experiências a nível estadual como: Descubra a Ilha de Santo Aleixo, Trilha ecopedagógica no Mangue e Travessia dos 3 cumes em Brejo da Madre Deus. Realizou o Reveillon Mar de Selva e Foi homenageada pela ALEPE.
Para além disto, Rodrigo é credenciado pela PADI como open water dive, possui carta de arrais amador, pratica surf, mergulho, pesca, hiking, trekking, pedal, natação, yoga e pilates. Procura ter consciência e responsabilidade sobre suas escolhas e vive uma vida ao ar livre.
www.facebook.com/MardeSelvaEcosocialtour
www.instagram.com/mar_de_selva
https://www.facebook.com/sorriso.adriao
www.linkedin.com/in/rodrigoadriao/  

 Pousada Trilha do Velho Chico - Ambiente tranquilo e familiar na beira do rio São Francisco. Quartos agradáveis, ambiente limpo, cama confortável e um bom chuveiro. Possui Café da manhã. 

Você viverá uma experiência de conexão intrínseca com o ambiente e seu “eu”;

Uma vivência, autêntica e exclusiva (para grupos pequenos e poucas pessoas), que estimula a consciência socioambiental e a transformação pessoal e social;

Tudo elaborado junto a comunidade local (nossos parceiros) garantindo o protagonismo da comunidade, o impulso ao Turismo de Base Comunitária, o desenvolvimento da economia e da qualidade de vida de forma sustentável;

Você será conduzido de forma segura por guias locais, experientes e preparados, que conhecem o local;

Nós consumiremos produtos (de preferência orgânico e agroecológico) e serviços locais. Respeitaremos a capacidade de carga e pegada ecológica do ambiente (Tudo que levamos trazemos de volta, promovemos assim uma experiência de baixo impacto ambiental e de grande consciência ecológica);

Somos parceiros dos projetos socioambientais em nossos destinos;

Promovemos deslocamentos verdes através das “caronas solidárias” e Turismo Co2 Legal.

 

Sua viagem uma experiência. Nosso trabalho uma missão.